top of page
  • Foto do escritorEtec de Ibitinga

RADIAÇÃO E RADIOATIVIDADE

Atualizado: 10 de nov. de 2023


DATA: 21/10/2023 - A Radiação e a Radioatividade são fenômenos que desempenham papéis essenciais em nossa vida cotidiana e no universo como um todo. Vamos entender melhor esses fenômenos a seguir.

Para entendermos melhor esses fenômenos temos que relembrar que um Átomo é formado por um Núcleo, que é a sua parte mais pesada, constituída de partículas, Nêutrons e Prótons, e por uma Eletrosfera, formada por Elétrons, estruturas dispersas, que orbitam o Núcleo.

Para que o Núcleo dos átomos se mantenham coesos, forças agem para manterem prótons e nêutrons unidos, porém em alguns átomos essas forças podem não estar equilibradas, isto os torna Instáveis, então esses átomos precisam liberar energia, em forma de Radiação, para se tornarem Estáveis.

Então a Radiação é este Processo físico de liberação de energia, que pode se dar por meio de partículas, que formam os átomos, ou de ondas eletromagnéticas, sendo que esse processo pode acontecer de forma natural ou estimulado por meio da ação humana.

Podemos classificar a Radiação de acordo com a quantidade de energia liberada, assim temos a Radiação Ionizante, aquela com saída de muita energia, o suficiente para afetar a estrutura física de um átomo, e assim causar a perda de elétrons, tornando o átomo eletricamente carregado, num processo conhecido por Ionização (daí a classificação). Como exemplos temos, as Radiações Alfa, Beta, Gama e X, etc.

Temos também a Radiação Não Ionizante, ou seja, aquela que desloca pouca energia, e que por isso não consegue afetar a estrutura dos átomos, esse tipo de radiação está muito presente em nosso dia-a-dia, como a Luz, a Micro-onda, as Ondas de Rádio, o Infravermelho, a Ultravioleta, etc.

Outra classificação que pode ser feita é quanto ao tipo de Radiação, assim temos a Radiação Alfa, que é forma por partículas atômicas, sendo 2 prótons e 2 nêutrons, com baixo poder de penetração (não ultrapassa uma barreira de tecido ou papel), Radiação Beta, também formada por partículas, elétrons ou pósitrons, com médio poder de penetração (consegue ser interrompida por madeira e metal), Radiação Gama, formada por ondas eletromagnéticas originadas no núcleo do átomo, com elevado poder de penetração (só pode ser detida por concreto e chumbo), e a Radiação X, muito parecida com a Gama, porém com as ondas sendo formadas fora do núcleo.

A Radioatividade, por outro lado, é uma Propriedade de certos átomos instáveis, que liberam energia de forma espontânea, independente de qualquer ação, na forma de Radiação, através da desintegração de seus núcleos, ou seja, os Núcleos se desfazem emitindo Radiação, desse modo a atividade radioativa diminui e eles se tornam estáveis, num processo que acaba por transformar os átomos, e recebe o nome de Decaimento Radioativo. O tempo que uma amostra instável demora para tornar metade de sua massa estável é chamado de Meia Vida (ou período de semi desintegração).

Por exemplo, tomemos o elemento radioativo Césio 137, instável, inicialmente ele emite Radiação Beta se transformando em Bário 137, com meia vida aproximada de 3 minutos, que também é instável, então, num segundo momento, o Bário 137 emite Radiação Gama para assim se tornar estável.

A energia desprendida por Elementos Radioativos tem uma série de aplicações benéficas em diversas áreas, na Medicina, por exemplo, temos os Raios X e Radioisótopos que são utilizados para diagnóstico e tratamento de doenças, nas Indústrias, temos a Radiografia e a Esterilização, que são possíveis graças à ação da Radioatividade, temos também, a Energia Nuclear, que gera energia elétrica de forma segura e limpa, com baixas emissões de gases de efeito estufa.

Embora a Radioatividade ofereça inúmeras vantagens, também apresenta riscos. A exposição excessiva a Radiações Ionizante pode causar danos ao DNA, levando a Mutações Genéticas e Câncer, por esse motivo, medidas de segurança rigorosas são essenciais ao se lidar com material radioativo, como o uso de equipamentos de proteção, blindagem dos locais de utilização e manter distância segura da fonte de radiação.

Outra questão importante para segurança nas atividades que envolvem Radioatividade é a gestão adequada dos Resíduos produzidos, é preciso atenção e rigor nos processos de armazenagem, transporte e descarte final desses materiais radioativos, afim de prevenir a contaminação e garantir a segurança a longo prazo.


FONTES:

• <https://www.todamateria.com.br/radiacao/> acesso em 15.ago.2023;



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page